quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Retrato

Me acho tão esperto!,
enquanto minha poesia burra
sentada no balanço da cadeira
ri de mim, desapressada.

1 comentário(s):

Caqui disse...

fato.